09/11/2007

Babá de porca de estimação é acusada de maus tratos


Uma porquinha de estimação cujo peso triplicou enquanto estava aos cuidados de uma babá foi colocada em uma dieta. E a babá está sendo acusada de maus tratos contra o animal.

A porquinha, de 5 anos, chamada Alaina Templeton, perdeu 10% de seus 68 quilos e está se recuperando bem de uma cirurgia que retirou uma coleira que ficou apertada em seu pescoço gordo, disse a dona do animal, Michelle Schmitz.

Alaina estampou as manchetes dos jornais na semana passada após Schmitz reclamar que a babá tinha feito seu animal de estimação passar de seus 22,5 quilos para 68 quilos em apenas nove meses. Schmitz deixou Alaina com a babá, uma colega de trabalho, enquanto ela estava de licença médica para se recuperar de uma cirurgia no tornozelo.

Aparentemente Alaina procurava por comida de gato e galinha na fazenda da babá.


Schmitz disse que agora que sua porquinha está de volta em casa, o excesso de peso será “queimado” com uma dieta saudável e exercícios. Ela e o veterinário de Alaina acreditam que 22,5 quilos seja um peso bom para o animal.

A acusação de maus tratos contra o animal foi feita contra Mary Beesecker, de 52 anos, de Houston, Minneapolis, informou o xerife do condado de Winona, David Brand.

“Quero que ela seja responsável pelo que ela fez e não fez por Alaina”, disse Schmitz.

Beesecker não atendeu a reportagem da agência de notícias "Associated Press" na terça-feira para comentar o caso, e ela tem negado os pedidos do jornal "The Winona Daily News" para uma entrevista.

Nenhum comentário: